sexta-feira, 12 de agosto de 2011

Não devemos guardar o sábado, jesus aboliu a lei de moisés


Em que ocasião Jesus aboliu o sábado, quando nasceu ou quando foi crucificado na cruz do calvário?

Toda a lei de Moises, foi abolida por Jesus Cristo lá na cruz e para provar isto vamos ler;

( Colossenses 2;14) “ e havendo riscado o escrito de divida que havia contra nós nas suas ordenanças, o qual nos era contrários, removendo-a do meio de nós, cravando-o na cruz”

Havia um fator, que dividia entre os judeus e os gentios e ele tinha que fazer esta divisão. Quando Jesus morreu na cruz, ele removeu estes fatores que são estas ordenanças que dividiam os judeus e gentios, mas Jesus removeu estes fatores. Portanto quando o nosso senhor Jesus foi crucificado, todas as leis de Moises se foram juntamente com ele na cruz, e é por isso que ele disse em Colossenses :

( Colossenses 2;16) “ ninguém, pois, vós julgue pelo comer, pelo beber, ou por causa de dias de festas, ou lua nova, ou de sábados”

Depois da morte de Jesus na cruz, ninguém vós julgue pelo comer, beber ou dias de festas ou dias, sábados
Por isso, que o fim da lei de Moises, foi na morte do nosso senhor Jesus. Mas antes de Jesus morrer, os judeus o odiava porque, ele não cumpria a lei de Moises.

( João 5;17,18) “ mas Jesus lhes disse: meu pai trabalha até agora e eu trabalho também. Por isso, pois os judeus ainda mais procuravam matá-lo, porque não só violava o sábado, mas também dizia que Deus era seu próprio pai, fazendo-se igual a Deus”

Jesus não obedeceu ao sábado, mas de acordo com a bíblia ele violou o sábado, e era por isto, que os judeus o odiava.

Mas nem mesmo os seus discípulos guardavam o sábado !

( Mateus 12:1,2) “ naquele tempo Jesus passava pela searas num dia de sábado; e os seus discípulos, sentindo fome começaram a colher espigas e a comer. Os fariseus, vendo isto, disseram-lhe: eis que teus discípulos estão fazendo o que não é licito fazer no sábado”
Então os próprios apóstolos também não observavam o sábado, ele estavam andando no sábado, coisa que era proibido fazer neste dia.
Então nem Jesus, nem seus discípulos guardaram o sábado

Antes mesmo da crucificação de Jesus, a lei de Moises já era pra ser descartada

( hebreus 9;10) “ sendo somente, no tocante a comida e bebidas e várias oblações, umas ordenanças de carne, impostas até um tempo de reforma”

Havaí realmente um tempo, a qual surgiria a reforma, que aconteceu com o advento do messias no senhor Jesus. Inclusive os cristões do primeiro século iam diariamente ao templo para adorar a Deus e não somente aos sábados

( atos 2;46,47) “ e perseverando unânimes todos os dias no templo e partindo o pão em casa, comiam com alegria e singeleza de coração, louvando Deus...”

Todos os dias eram dias dos cristões do primeiro século irem ao templo louvar a Deus

Os sabadistas se prendem tanto em guarda o sábado, porque eles crêem na lei de Moises até hoje.
Veja um exemplo seguinte; um semáforo de transito quando esta verde é porque você pode prosseguir
Quando está vermelho você tem que parar
Quando esta amarelo é um momento de transição do verde para o vermelho, é uma transição entre os sinais
Se o sinal diz: para! E você continua, você não esta obedecendo a lei
Se estiver verde, dizendo vá, mas você fica parado, você também não estará obedecendo a lei, porque os outros motorista iram começar a buzinar e a reclamar.
Se a bíblia nós fala para, “ parar” a lei de Moises, mas os sabadistas querem continuar esta lei de Moises. Se Deus quer, que eles parem, mas eles querem continuar, então irmãos não devemos nos preocupar mas com esse negocio de sábado.
Porque Jesus, nem seus discípulos guardaram o sábado.

Link do video http://youtu.be/4h3hR48EqIo