quinta-feira, 7 de julho de 2011

O que diz a bíblia sobre o Divorcio

Casamento


Diz na palavra que a mulher divorciada ou o marido não pode se casar novamente enquanto ambos estiverem vivos, isto é verdade mas para os cristãos, o homem crente não pode se casar novamente enquanto a sua esposa estiver viva ou vice-versa. Vamos ler ( Romanos 7.2 )“ porque a mulheres casada esta ligada pela lei, ao marido enquanto ele viver, mas morto o marido ela estará livre desta lei”
A lei Cristã adverte e ensina que nós crentes em cristo, conhecedor da verdade, não podemos divorcia, casar-se com outra pessoa enquanto estiver vivo o marido ou vice-versa. ( Mateus 5.32) “ eu porem vos digo que qualquer que repudiar sua mulher a não ser por causa de prostituição, faz que ela cometa adultério e qualquer que casar com a repudiada comete adultério” fica bem claro aqui que para se divorcia tem que ter um motivo e este motivo é a traição, se a tua mulher te trair ou vice-se ai sim pode se separar. O que você entende quando Jesus diz: a não ser por causa de traição” isso é uma abertura para aquele que foi traído se divorcia, então pode sim haver um divorcio. Mas lembrando que esta lei é para quem é cristão. Porque antes de Cristo os homens tinha o seu códigos e pactos que os permitia possuir varias mulheres. Mas com o advento de Cristo foi regulamentado a lei do casamento se tornando agora uma das leis de Cristo. Por isso ele vai dizer “ no principio não foi assim”
Pessoas que são cristãs e se divorciam por qualquer motivo fútil, estão correndo um grande risco se contraírem um novo matrimonio. Por isto esta lei do divorcio só serve para quem é cristão,mas se a pessoa esta no mundo e se casa de qualquer maneira, o seu casamento não foi direcionado pelo senhor, podendo assim haver problemas, separação. Mas se a pessoa casa, dentro dos padrões cristão e conhece a verdade, não deve se separar, pois se a pessoa se casou depois de ter Cristo em sua vida, claro que este casamento foi benção de Deus. Pois se casaram em Cristo, e tudo que vem da parte de Deus para nós é benção, não devemos jogar fora as bênçãos. Se teu casamento, foi de Deus será que você ira jogar fora? Claro que não ! (Mateus 19,5,6 por esta razão o homem deixara pai e mãe e se unira a sua mulher, e os dois se tornaram uma só carne, assim eles já não são mas dois, mas sim uma só carne, portanto o que Deus uniu não separe o homem”
Se o teu casamento foi Deus que uniu ninguém poderá separa! E é por isso que na lei cristã, não, deve haver separação, ou traição porque se você conhece a verdade não existe lugar para isto. “ Pois conhecereis a verdade e ela vos libertara” Mas se o individuo conheceu a verdade e veio para a igreja do senhor, sendo que antes já havia se casado no mundo, e a sua esposa ou vice-versa , não quer seguir pelo mesmo caminho o que fazer? Vamos ler o que Paulo nos ensina ( 1 coríntios 7.12) “ aos outros eu digo isto não o senhor: se o irmão tem uma mulher descrente, e ela se dispõe a viver com ele, não se divorcie dela. Da mesma forma a irmã. Pois o marido descrente é santificado pela a esposa crente e vice-versa. Então se você tem uma mulher ou um marido que não é cristão mas quer continuar com você, não o abandone, pois através de você ele é abençoado juntamente com seus filhos. Mas se toda via ele quiser te deixar, então você estará livre, desta lei do casamento, mas donde sabes o mulher se salvara o teu marido. ( 1 coríntios 7.15) portanto se o descrente quiser separar-se, que se separe. Em tais casos, o irmão ou a irmã, não fica debaixo da servidão. “ fica bem claro aqui, para o casal que veio do mundo,que se a esposa sendo crente ou vice-versa e a outra parte não, caso a parte descrente, quiser se divorcia , é sim permitido, a este cristão se divorcia dela, desde que não seja ele a pedir o divorcio. Fica assim o cristão livre para se casar com outro. Entretanto se a parte descrente quiser continuar vivendo com o cristão não deve haver divorcio, pois o cristão santifica o não cristão.
Quero que você entenda o que eu estou querendo dizer; se você separou da sua esposa mas ainda não tinha o pleno conhecimento da cristandade e da verdade, do que é ser um cristão isto é perdoável.
( 1 Timóteo 1.13) “ ainda que outrora eu era blasfemador, perseguidor e injuriador, mas alcancei misericórdia, porque o fiz por ignorância na incredulidade”
Portanto o que você fez na ignorância ou se você era adepto de alguma igreja, mas que esta igreja não te ensinava a cristandade ou a verdade, os princípios da fé cristã, é perdoável sim a separação. Mas o que não é perdoável é o seguindo ( hebreus 6.4 ao 6) “ ora para aqueles que uma vez foram iluminados,provaram o dom celestial, tornaram- se participante do espírito santo, experimentaram a bondade da palavra de Deus e os poderes da era que há de vir, e caíram, é impossível que sejam reconduzidos ao arrependimento, pois para si mesmo estão crucificando de novo o filho de Deus, sujeitando a dispunha pública”
Fica claro que se você conheceu a Cristo, deve seguir os seus preceitos, agora aquele,que vem para Cristo, com a sua vida totalmente destruída, divorciado, pode sim ter um perdão e uma nova chance de ser feliz, reconstruí a sua vida inclusive a sua vida conjugal. (

Resumo: para o casal que é cristão se houver separação na deve se casar novamente a não ser que o marido ou a mulher fique viúva.
Para, quem se tornou cristão , e se encontra separado, e não tinha o conhecimento da verdade, poderá reconstruir a sua vida conjugal desde que a sua esposa ou marido não queira seguir o mesmo caminho e peça a separação. Então o cristão poderá divorciar-se, e, se quiser, contrair novo matrimonio.
Pois não é bom que o homem viva no julgo desigual. Por isso aconselho que crente deve casar-se com crente. A pessoas que vem para a igreja divorciada sem saber o que fazer, a outras que esta na igreja e que seu marido ou mulher, o oprime e os largam por não serem da mesma crença. mas se o crente,quiser continuando vivendo com esta pessoa descrente,é louvável, pois o crente santifica o descrente, mas se o descrente quer se separar, o deixe ir. você então estará livre, para casar-se novamente, se assim o quiseres.

Um comentário:

Leonardo Batista disse...

No trecho: Fica claro que se você conheceu a Cristo, deve seguir os seus preceitos, agora aquele,que vem para Cristo, com a sua vida totalmente destruída, divorciado, pode sim ter um perdão e uma nova chance de ser feliz, reconstruí a sua vida inclusive a sua vida conjugal.

Foi dito/escrito que a pessoa PODERÁ SIM TER PERDÃO; a bíblia deixa claro que a ÚNICA coisa que não tem perdão é a blasfêmia ao Espírito Santo (Marcos 3.28,29) e com base nisso, digo que foi feito um equivoco quando escreveu no seu texto a parte do "pode sim ter perdão", visto que que apenas para UMA coisa não há perdão. Abços