sábado, 9 de julho de 2011

Novo pacto, nova aliança.

Dizendo: novo pacto, ele tornou antiquado o primeiro. E o que esse torna antiquado e envelhece, perto esta de desaparecer (Hebreus 8. 13 )
Este versículo foi escrito pelo apostolo Paulo 2.000 anos atrás e levando em consideração que isto foi escrito pelo apostolo há 2.000 anos atrás, este pacto já desapareceu, e porque?
( Hebreus 8. 7ao 8) “ Pois se aquele primeiro fora sem defeito, nunca se teria buscado lugar para o segundo, porque repreendendo-os, diz: eis que virão dias, diz o senhor, em que estabelecerei com a casa de Israel e com a casa de Judá um novo pacto”
O conceito que esta estabelecido nas escrituras é que haveria uma nova aliança, novo pacto ou concerto entre Deus e seu povo. Agora se nós pertencemos efetivamente ao povo de Deus, nós não devemos fazer do pacto antigo a nossa lei , e porque ?
( Lucas 16.16) “ A lei e os profetas vigoraram ate João; desde então é anunciado o evangelho do reino de Deus e todo homem forceja por entrar nele”
Os pactos, os profetas, as leis inclusive o dizimo pois o dizimo é da lei, vigoraram ate João, desde então é anunciado o evangelho, ou seja o dizimo não faz parte do evangelho, porque ele faz parte dos preceitos da lei, a qual foi substituída pelo evangelho. E pelo que o dizimo foi substituído no evangelho?
( 2 coríntios 9.7 ) “ cada um contribua segundo propôs no seu coração, não com tristeza, nem por constrangimento; porque Deus ama ao que da com alegria”
Veja não esta escrito que você tem que pagar, mas contribuir, pois o dizimo era pago! Vamos ler( Hebreus 7.9) “ e por assim dizer, por meio de Abrão, ate Levi, que recebe dizimo, pagou dízimos”
Ou seja o dizimo era pago, constituindo-se numa obrigatoriedade, entretanto no evangelho você não tem que pagar nada, mas você contribui voluntariamente. E porque não é pago?
( Mateus 10.7 ao 8) “ e indo, pregai, dizendo : é chegado o reino dos céus. Curai os enfermos, ressuscitai os mortos, limpai os leprosos, expulsai os demônios, de graça recebestes, de graça daí”
Gratuitamente nós recebemos a palavra então temos que da- La de graça de certo ponto de vista, não podemos culpar certos pastores que cobram o dizimo! Porque se eles mesmo, nem receberam o evangelho, como podem dar o que não receberam. Pois se eles não pregam este evangelho, pois nem sequer o receberam o evangelho , pois o que eles estão pregando não é o evangelho, e porque ?
( Hebreus 1.8) “ mas ainda que nós mesmo ou um anjo do céu vos prega se, outro evangelho além do que já vós pregamos seja anátema”
Estamos vivendo no novo pacto o qual é o do evangelho de Cristo, portanto se tivermos um pouco de raciocínio iremos perceber que não precisamos viver segundo a lei de Moises, mas segundo o evangelho de Cristo, as leis cerimônias como o lava pés, as festividades, e rituais israelitas, a lei do dizimo, etc... foram abolidas por Cristo lá na cruz do calvário. Ele pagou com seu sangue pela nossa salvação, e nós deu o seu evangelho de graça, para também darmos aos outros que ainda não tem, de graça.

Um comentário:

Anônimo disse...

Paz querido, só fazendo uma observação, oque você diz sobre dizimo se você fizer um estudo mais detalhado, vera que Abraão era antes da lei, pois significa fé, amor, como você disse hoje o dizimo tem de ser por amor pela fé e não pela lei ou seja forçado a dar, a pessoa tem de ser dizimista porque ama a Deus e reconhece que tudo vem Dele e é para Ele.veja também Mateus 23,23, se Jesus disse aos fariseus que não deveriam omitir o dizimo, oque será que Ele diria para os que se dizem cristão mas faz do Mamom seu deus.Deus abençoe
Mauricio, mber2003@yahoo.com.br