domingo, 31 de julho de 2011

Línguas estranhas em 1 corintios 14

Línguas estranhas em (1 coríntios 14)




A palavra grega utilizada foi “ glossa” que conforme já podemos estudar tem os seguintes significados

* a língua, um membro do corpo, um órgão de fala

* uma língua

Ou seja a palavra grega ( glossa) no contexto em que foi utilizada pelo apostolo Paulo tem único significado “ uma língua estrangeira” ou uma linguagem de um povo de outra nacionalidade.

Assim fica claro que o que estava acontecendo em coríntio é o falar línguas estrangeiras, como exposto acima esta afirmação corrobora a declaração do apostolo Paulo na carta as coríntios.

( coríntios 14; 21) pois esta escrito na lei: “ por meio de homens de outras línguas e por meio de lábios de estrangeiros falarei a este povo, mas, mesmo assim não me ouvirão” diz o senhor”

Se falarmos uma língua que a pessoa não entenda seremos estrangeiro para esta pessoa

( 1 coríntios 14;11) “ portanto, se eu não entender o significado do que alguém esta falando, serei estrangeiro para quem fala, e ele, estrangeiro para mim. Assim acontecem com vocês.

Paulo fala que a língua é um idioma e tem que ser compreensível, senão estaremos apenas jogando palavras ao vento, sem sentido, há também o fato de que doutos, ou seja pessoas de grandes cultura, poderiam entender o que diziam os que falavam em línguas inteligíveis, ou seja linguagem humana estrangeira.
( 1 coríntios 14;23) “ assim, se toda a igreja se reunir e todos falarem em línguas e entrarem alguns não instruídos ou descrentes, não dirão que vocês estão loucos. Mas se entrar algum descrente ou não instruído quando todos estiverem profetizando, ele por todos será convencido de que é pecador

Vejam era línguas entendíveis, pois se entrasse uma pessoa instruída, culta ela poderia entender o que se falava.

O verdadeiro falar em línguas

Consiste na capacidade sobrenatural divina que o individuo recebe para falar em outro idioma estrangeiro sem prévio conhecimento ou estudo desta.

O problema de coríntios 14;2 reside em duas expressões

1- ninguém o entende
2- fala em mistério

Este ninguém o entende não esta se referindo a todos os moradores da terra, mas aos que estão ali dentro da reunião.
Porque o verdadeiro falar em língua é inteligível por aqueles que falam e por quem ouve, a prova esta em atos 2

( atos 2; 5 a 11 ) “ havia em Jerusalém judeus, tementes a Deus, vindo de todas as nações do mundo.
Ouvindo-o o som, ajuntou-se uma grande multidão que ficou perplexa, pois os ouvia falar em sua própria língua.
Atônitos e maravilhados eles perguntavam; “ acaso não são Galileu estes homens que estão falando ?
Então, como o ouvimos falar em nossa própria língua Materna?
Partos, medos e elam itas: habitantes da mesopotâmia, Judéia e capadócia, do ponto e da província da Ásia, frigia, Panfilia e Egito....
Nós ouvimos declarar as maravilhas de Deus em nossa própria língua

Uma pessoa estranha não significa que ela seja anormal, misteriosa, esquisita ou extraordinária, mas simplesmente desconhecida, assim também que fala em uma língua estranha não significando que seja algo esquisito ou sem sentido, mas desconhecido para que esta ouvindo, mas havendo quem o interprete logo será entendia.

( 1corintios 14;10 )” sem duvida, há diversos idiomas no mundo; todavia, nenhum deles é sem sentido .

(1 coríntios 14; 27) “ se porem alguém falar em uma língua deve falar dois ou três, e alguém deve interpretar

A língua estranha sendo um idioma humana, também foi ratificado por BRUMBACK E DONALD GEE.
“ ENTENDO POR MAIS ESTES TEXTOS O QUE É A LINGUA ESTRANHA”

( Isaias 33;19) “ você não tornara a ver aquele povo de fala obscura e arrogante, com sua língua estranha, incompreensível”

( Ezequiel 3;4 ao 6 ) “ depois ele me disse; “ filho do homem vá agora à nação de Israel e diga-lhe as minhas palavras. Você não esta sendo enviado a um povo de fala obscura e de língua difícil, mas a nação de Israel; não ira a muitos povos de fala obscura e de língua difícil, cujas palavras você não conseguiria entender.

Portanto a língua que não se pode entender é o idioma de outra nação.

Agora se esta língua de (1 coríntios 14 ) fosse como dizem alguns pentecostais a línguas dos anjos, dentro desta péssima lógica “ ninguém entende” os próprios anjos não entenderiam !

Paulo não proíbe o falar em línguas na igreja de coríntios, mas devemos entender como era esta igreja de coríntios
Coríntios era uma região, um lugar assim como é em salvador da Bahia, que é um lugar portuário.
Onde muitos negócios eram feitos e muitos pessoas chegavam ali por causa de sua localização, muitas pessoas de diversos países.
Pó isso Paulo instrui que se houvesse alguém falando em línguas, no Maximo dois ou três e que tivesse um intérprete para traduzir aquele que esta falando. esta língua é um idioma humano e é por isto que ele requer um enterite.

Leia atos 2

Aqui no Brasil as pessoas falam ao ar , como loucos

( 1 coríntios 14;9) “ se não proferirem palavras compreensíveis com a língua, como alguém saberá o que esta sendo dito?
Vocês estarão simplesmente falando ao ar “

Um comentário:

Anônimo disse...

Esclarecedor!